Teleconsulta X Orientação Médica

Voltar ao blog

A telemedicina está cada dia se firmando com uma forma presente no dia a dia da população brasileira. Somente na LigDoctor, mais de 60 mil pessoas já utilizaram a plataforma e já foram realizados mais de 1 milhão de atendimentos em todo País. 

É inegável que o método veio para ficar. Isso porque o serviço oferece a um baixo custo, o acesso a um médico 24 horas por dia, 7 dias por semana para realizar teleconsultas, emitir receitas médicas ou atestados. Com a pandemia, a telemedicina se intensificou e ampliou seu atendimento, oferecendo também o serviço de orientação médica.

Mas você consegue entender a diferença entre os dois? explicamos para você. 

Quando o paciente assina o serviço de teleconsulta, ele tem a sua disposição a consulta médica de forma remota, por meio de tecnologias seguras de comunicação on-line, como videoconferência ou aplicativos de vídeo-chamadas utilizando computadores, tablets ou smartphones para a função. Isso quer dizer, que a qualquer hora um médico estará pronto para te atender. Assim como em um consultório, ele pode te examinar, ler seus exames, ou pedir os que forem necessários e receitar medicações. 

A orientação médica, no entanto, não se trata de uma consulta, mas um momento para tirar alguma dúvida diretamente com um profissional através do chat. Ele poderá te dizer se uma medicação já prescrita pode continuar sendo usada, indicar uma especialidade médica e orientar um próximo passo mais seguro para o seu quadro. É uma forma segura de usar a internet para tirar dúvidas de forma personalizada. 

Leia também:

O que é telemedicina

Quando devo ir ao pronto-socorro

Dia da imunização


Tags: consulta médica remota, medicina a distância, medicina por videoconferência, médicos 24 horas, médicos online, práticas médicas à distância, teleconsulta, telemedicina, telemedicina whatsapp, telemonitoramento, teleorientação